Rota dos Vinhos do Alentejo: Qualidade e Tradição Secular

Olá viajante!

No passeio de hoje percorremos a rota de vinhos do Alentejo, um dos circuitos mais antigos e diversificados de Portugal, dotados de grande tradição, a região possui vinhos de grande excelência que encantam pelos aromas e cores, tão distintos quanto a deslumbrante paisagem e gastronomia local.

alentejo

A Rota dos Vinhos do Alentejo é composta de três circuitos. Ao norte, encontra-se a rota do distrito de Portalegre, no Alentejo Central, está o circuito de Évora e ao sul, fica a rota de Beja. Juntos, os três circuitos reúnem 68 adegas, todas produtoras de vinhos excepcionais. As castas podem variar um pouco de região para região. Mesmo assim, dá para afirmar que os tintos alentejanos são vinhos quase sempre encorpados, ricos em taninos e com aroma de frutas vermelhas silvestres, enquanto os brancos são geralmente suaves, levemente ácidos e com aroma de frutas tropicais.

post-15-03-16-04

As primeiras Denominações de Origem Controlada (DOC), ou seja, certificados que atestam a qualidade do vinho e sua produção de acordo com alguns parâmetros, foram regulamentadas em 1988. Existe ainda o selo Vinho Regional Alentejano, uma categoria mais abrangente que a DOC. Hoje, são cerca de 260 produtores de vinho nesta que é a maior região de Portugal, ocupando um terço do território continental do país. Alentejo tem uma estrutura enoturística tão grande que chegou a ser eleita em 2014 a melhor região vinícola do mundo para visitar pelos especialista do jornal USA TODAY, um dos maiores veículos dos Estados Unidos.

_H0A4969

A região é repleta dos melhores vinhos, a relação de locais imperdíveis de se visitar é vasta, contudo para deixaremos seu paladar com anseio de explorar cada vez mais o Alentejo. Dentre algumas produtoras da região podemos citar;

Herdade do Esporão:

A Herdade do Esporão conta com 550 hectares de área plantada, dividida em cinco qualidades diferentes: Esporão, Perdigões, Rusga, Palmeiras e Monte, repartidas em castas tintas e brancas.

enoturismo_centrohistorico_torre3

Um dos mais antigos complexos, Herdade foi o primeiro espaço enoturístico de Portugal a ser certificado. Inaugurado em 1997, o espaço que foi recentemente remodelado e oferece wine bar, restaurante, cursos vínicos e visitas à vinícola e às vinhas. Com mais de 500 anos, o Centro Histórico com a sua Torre do Esporão, o Arco do Esporão e a Ermida de N. Sra. Dos Remédios é outro ponto de visita obrigatório.

Herdade do Mouchão:

Este espaço começou a produzir vinhos em 1991, e desde então carrega uma grande tradição e preservação do local exatamente conforme era no ano de abertura. Néctar do qual atualmente é considerado um dos maiores símbolos da vitivinicultura alentejana.

mouchao-wines_14922474804f0c38ef6a176

Quinta do Carmo:

Segundo algumas histórias, o lindo palacete do século XVIII com jardim e capela, revestido com mármore e azulejos, foi presente do rei dom João V a uma cortesã, dona Maria. Ali são produzidos um dos top 5 de vinhos alentejanos. Vale a pena incluir no seu roteiro de viagem.

bbf33f94a0ac7f7d259893c63e906ded

É importante se programar, já que, quase todas as Adegas exigem que visita agendada, procure os sites dos lugares que você deseja visitar e informe-se como agendar sua visita.

 

Até a próxima!

 

Fontes:
despertaraomundo
visitportugal
clubevinhosportugueses

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s