Aldeia de Sistelo: o pequeno Tibete português

Olá Viajante!

Hoje iremos conhecer Sistelo, uma pequena aldeia localizada no concelho de Arcos de Valdevez, em pleno Parque Nacional de Peneda-Gerês. A aldeia é famosa pelos seus socalcos, usados pela população durante séculos para aumentar a sua superfície agrícola, a fim de superar as dificuldades das condições geográficas que o terreno oferecia e tornar a terra produtiva, irrigando-as através de levadas. Devido a tais características de seu território, cumulou-se para que ela fosse conhecida pelo apelido de “pequeno Tibete português”, atualmente reconhecida como um lugar de beleza inigualável, com grande valor cultural e paisagístico para o país.

sis-1024x683

A aldeia também é muito conhecida por seu Castelo, recuperado recentemente, mas construído na segunda metade do século XIX para ser residência do primeiro Visconde de Sistelo,  Manuel A. Gonçalves Roque.


capa_2847755

Vista do alto da serra, a aldeia parece menor do que na realidade é. As casas tradicionais, os moinhos e os espigueiros perdem dimensão face à imponência daquele vale muito inclinado e encaixado, no fundo do qual corre o rio Vez. Se admirar a magnífica vista panorâmica lhe agrada, não deixe de subir ao miradouro do Chã da Armada. Se é apreciador de caminhadas na natureza, percorra os Trilhos das Brandas de Sistelo, uma trilha muito limpa, sinalizada e segura, que tem início na aldeia e se estende por mais ou menos 10km, sempre às margens do rio Vez e ao pé de paisagens deslumbrantes.

Até a próxima parada!

Fontes:
publico.pt
espiritoviajante

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s